terça-feira, 6 de março de 2012

Ai de mim!

Eu vou dizer o q você, pessoa de cabeça dura, não quer ouvir.. não quer entender. Pra desgaste da alma e do coração, bastam apenas palavras de pouca emoção. Insegurança, a mentira trás na bolsa e você a carregou no colo. Porque? não me pergunte, já que foi você quem optou por isso e eu vim andando a pé ao seu lado. Só que pra sorte do azar, eu tambem fui feita de carne e osso. E fraquejar também ...foi me dado como defeito. Esse e muitos outros. Eu errei. O que posso fazer? Mas fiz sem intenção. Inocência, eu que tenho pouco. escolhi exatamente o momento errado pra usar. Mas fui, mas fiz e não menti. Entendo seu zangar mas não esqueço suas açoes do passado. Quando eu nem errar havia errado. Meu motivo por permanecer aqui. Sozinha! por mais que insista em pensar o contrário. É que pra mim amor bom, é de verdade, é dado!

Um comentário:

  1. Feliz dos que transformam em poesia tudo que se passa na nossa vida.

    ResponderExcluir